Galeria 2019

PRÓXIMA EXPOSIÇÃO

Exposição “Representações” – Conceição Freitas Convida Ana Cardoso, Inauguração sexta-feira, 7 jun, às 21h na Galeria de Arte Imargem. Patente até 25 jun
IMG_8348- Mascara 1990.JPG

Para exporem os objectos artísticos criados por ambas. São trabalhos fruto de uma pesquisa constante das expressões do corpo e do rosto, representações do natural ou máscaras, que tanto podem esconder como destapar. É através da cerâmica que desenvolvem desde sempre o seu trabalho. Há ainda os desenhos, expressão permanente em artes plásticas.

EXPOSIÇÃO ACTUAL

Exposição Internacional Vicarte – “Nascido de Chama”, Inauguração, Sexta-feira, 10 mai, 21h30 na Galeria de Arte Imargem. Patente até 4 jun 2019.

fire 1 (819x1024).jpg

Este ano, por ocasião da nona exposição do VICARTE na IMARGEM, teremos oportunidade de observar alguns resultados da investigação em progresso, sobre práticas criativas com vidro e cerâmica, que tem vindo a ser realizada por artistas, cientistas e designers. Esta exposição internacional mostrará alguns dos últimos trabalhos de professores, ex-alunos e alunos do Mestrado de Arte e Ciência do Vidro. Embora se possam encontrar diversos materiais nas obras de arte apresentadas, o color do forno desempenha um papel central nesta exposição.

This year, for the ninth installment of VICARTE at IMARGEM, we will see results of an ongoing investigation by artists, scientists, and designers into creative practice with glass. This international exhibition will showcase some of the latest works from faculty, Alumni, and Candidates of the Master of Glass Art and Science. Although many other materials find their way into the artwork, the heat of the furnace serves a central role in this exhibition.

***

Exposição “No Percurso do Abstrato” de Fernanda Ferreira, Inauguração sexta-feira, 5 abr, às 21h na Galeria de Arte Imargem. Patente até 23 abr 2019.

Imagem1A Arte é um importante recurso de experimentação e aproveitando a natureza como inspiração, depois de alguma reflexão, optei por uma nova forma de me exprimir na tela, aplicando texturas, materiais diversos, abrindo caminho à transformação e criatividade, libertando-me de dúvidas e preconceitos que nos limitam à livre apreciação de cada trabalho.  E é assim que a Arte se projeta e novos caminhos surgem. (Fernanda Ferreira)

***

EXPOSIÇÃO “SOBREPOSIÇÕES” de Conceição Silva, Inauguração Sexta-feira, 15 mar, 21h, Galeria de Arte da Imargem. Patente até 2 de abril

Expo Conceição Silva2.jpg

À descoberta e a ideia da congregação de vários elementos e materiais de forma a criar algo inteiramente inovador, surgiu a resposta a uma nova expressão plástica. A partir desse momento as ideias deixaram de ficar espartilhadas aos elementos convencionais e alcançaram a liberdade total e sem limites, onde tudo é válido consoante a imaginação.     Conceição Silva

***

Exposição “Perdidos e Achados” de Carlos Ribeiro, inauguração sexta-feira, 22 Fevereiro às 21h00, Galeria de Arte da Imargem. Patente até 12 Março.

dois quadrados ver net.jpg

Perdidos e Achados resulta da relação que estabeleço com o espaço da cidade que é para mim, em muitas circunstâncias, uma paleta de cores, um estaleiro de materiais, um reportório de formas. Esta prática de respingador, aquele que vasculha no que é deixado para trás, coloca-me frequentemente na posição de etnólogo, que recolhe e regista a presença de objetos que resultam da atividade humana, independentemente de para mim, valerem mais, à partida, neste jogo de acaso e imponderável, pelas suas qualidades formais ou pela circunstância “feliz” do “acaso” que os traz até mim.
Neste processo de filiação dada, sobre o qual não pretendo possuir qualquer controlo, brotam narrativas que resultam das estórias que os objetos inevitavelmente consigo carregam, e que, inevitavelmente também, veiculam para quem os observa.  Carlos Ribeiro

***

Exposição “O Sonho mágico de Fauno” de Susana Horta, inauguração sexta-feira, 1 fevereiro, 21h00, Galeria de Arte da Imargem. Patente até 19 fevereiro

Fauno SH (2) email.jpg

O sonho mágico de Fauno é como acordar num tempo antigo; mais antigo que os homens, onde as Fadas, Duendes e pequenos seres andavam na terra sem idade…  
De repente um dia; tiveram que se ir embora, porque os homens chegaram com outros olhos, que as fadas não viam…Assim as Fadas deixaram-nos marcas e lugares, assim como mitos e Lendas. Essas lendas são como sonhos onde os podemos ver e os escutar… Pois é lá, que eu encontro minha inspiração e segredos onde posso partilhar com todo o público que gosta de arte antiga, invocando várias Divindades ou sentimentos profundos;Tão profundos como os nossos medos, numa obscuridade envolvida num raio de luz, cheio de cores e invocando tudo aquilo que a terra nos dá. A natureza no seu esplendor e tudo nela que nos envolve para a vida.        Susana Horta

***

Exposição “DE TODOS OS MEUS SONHOS” de Maria João Ferreira, Inauguração Sexta-feira, dia 11 de Janeiro na Galeria de Arte Imargem. Até 29 janeiro 2019.

IMG_20181202_124859[1].jpg
Se pensarmos em sonhos, se sonharmos ousar, se recuarmos na memória, toda a lógica desaparece e a única certeza é a ausência. A ausência de um passado, nas ruínas do presente e no silêncio do futuro. Suspensos entre esta e a outra vida, numa passagem constante em busca do que somos e do que são os outros para nós. Eterno devir entre o que temos e o que queremos, quando na verdade tudo o que resta é o azul à nossa volta.
MARIA JOÃO FERREIRA, Nasceu em 1977 em Lisboa.
Licenciatura em Escultura da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (2001).
Mestrado em Estudos Curatoriais da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, em parceria com o Centro de Arte Moderna Fernando de Azeredo Perdigão, Fundação Calouste Gulbenkian (2008).
É membro fundador do Projecto Volte Face –Medalha Contemporânea
É membro do Grupo Anverso/Reverso –Medalha Contemporânea
É membro do Centro de Investigação e de Estudos Volte Face -Medalha Contemporânea
Anúncios