Conceição Silva

 

Obra 2

 

“Fomos nós que demos o nome de “arte” às coisas religiosas; entre os primitivos, a palavra arte, em si, não existia. Nós criámo-la a pensar em nós próprios na nossa própria satisfação.

Nós criámo-la única e exclusivamente para nosso próprio uso: é um pouco uma forma de masturbação.”

Marcel Duchamp, “Engenheiro do Tempo Perdido”, Ed. Assírio e Alvim, Lisboa, 2002

Anúncios